CCMUSA – Câmara de Comércio Moçambique USA

Notícias

Moçambique regista aumento no número de turistas e nas receitas turísticas

sector do turismo em Moçambique está a registar um crescimento gradual, tendo em 2018 proporcionado receitas no valor de 241,8 milhões de dólares, que compara com 196 milhões em 2015, disse quinta-feira em Maputo o primeiro-ministro de Moçambique. Carlos Agostinho do Rosário, ao discursar na abertura da VII edição da Feira Internacional de Turismo de Moçambique, conhecida por Fikani, disse que, em resultado das reformas que o governo tem introduzido no sector, o número de chegadas internacionais de turistas tem igualmente estado a aumentar de forma significativa. Além do número de turistas, que aumentou para 2,8 milhões em 2018 contra 1,6 milhões em 2015, houve igualmente um acréscimo no número de postos de trabalho nas áreas de alojamento, restauração, agências de viagens e outras actividades turísticas, que passaram de 58 mil em 2015 para 64,6 mil em 2018. “Esta dinâmica do sector do turismo tem contribuído para o reconhecimento do nosso país como um destino de referência a nível regional e internacional”, afirmou Carlos Agostinho do Rosário, na abertura da feira que conta com mais de 90 expositores, incluindo de países como a África do Sul, Turquia, China, entre outros, segundo a agência noticiosa AIM. A VII edição da Feira Internacional de Turismo de Moçambique encerra domingo, dia 3 de Novembro. Fonte: Macauhub

Leia mais »

Governo paga 38 milhões de dólares da dívida soberana contraída pela Ematum

O Governo informou hoje aos credores dos títulos da dívida soberana que era da Ematum que já tem “todas as condições e autorizações necessárias” para avançar e pagar a reestruturação dos 726.5 milhões de dólares da emissão de 2016. De acordo com um documento enviado nesta quarta-feira pelo Ministério da Economia e Finanças aos credores da dívida soberana, o Governo diz ter todas autorizações e aprovações exigidas pela lei para pagar a dívida que era da Ematum, segundo escreve África 21. O documento enviado aos investidores anuncia também “a satisfação das condições de liquidação e confirma que a data de liquidação ocorrerá a 30 de Outubro de 2019, de acordo com os termos do Memorando de Solicitação de Consentimento”. Uma fonte do Ministério da Economia e Finanças contactada pelo “O País” confirma a informação e diz que a mesma será partilhada amanhã. Segundo a fonte, nesta quarta-feira, o Governo pagou 38 milhões de dólares em forma de “condição de consentimento”. O pagamento feito nesta quarta-feira devia ter sido feito no dia 30 de Setembro último, mas falhou e o período foi prolongado após um pedido do Governo moçambicano. Nossa fonte esclarece ainda que a primeira prestação da dívida será paga em Março de 2020. O Governo garante assim que vai cumprir o prazo estipulado para o pagamento de parte da dívida, que resulta da reestruturação da emissão de títulos no valor de 726,5 milhões de dólares e sobre os quais entrou em incumprimento em 2016. Este passo é dado após o Conselho Constitucional ter declarado inconstitucional e nula a garantia dada ao empréstimo da Ematum a ser pago a uma taxa de juro de 10,5 por cento. A reestruturação da dívida foi aprovada em Setembro pelos portadores de títulos soberanos. Fonte: O País

Leia mais »

Primeiro Ministro dirige Feira internacional de Turismo Fikani

Começou hoje a feira internacional de Turismo Fikani.  No acto da abertura, o Primeiro-ministro disse que a diversidade turística de Moçambique é uma das razões para o aumento de entradas de turistas nos últimos anos. Carlos Agostinho Do Rosário começou por visitar parte dos 91 stands presentes nesta edição. E quem dizia Fikani, que siginifica bem-vindo, eram os expositores, mostrando seus produtos e as potencialidades turísticas de Moçambique. Já no discurso de abertura, Carlos Agostinho do Rosário destacou o aumento de entradas de turistas em Moçambique e defendeu a importância de se aproveitar a diversidade turística para divulgar a imagem do país no estrangeiro. A cultura deve ser um atrativo turístico e os organizadores fizeram questão de trazer a música moçambicana. Uma arte que prendia a atenção de participantes nacionais e não só. Enquanto isso, as províncias trouxeram as suas potencialidades para mostrar ao mundo e convidá-lo a visitar Moçambique. As exposições na Feira Internacional do Turismo Fikani vão até domingo, 03 de Novembro. Fonte: O País

Leia mais »